Início > Estradas Mineiras, Gestão do PT, Gestão Pública, Governo do PT, Minas Gerais, Obras públicas > Gestão do PT tira recursos dos hospitais em Minas – obras do Anel rodoviário não vão sair do papel

Gestão do PT tira recursos dos hospitais em Minas – obras do Anel rodoviário não vão sair do papel


Gestão do PT,

Gestão sem eficiência, gestão do PT

Fonte: Humberto Santos – Hoje em Dia

Corte em orçamento afeta hospitais e inviabiliza Anel

Redução do investimento em infraestrutura e saúde, anunciada pela União, compromete obra e atendimento em MG

O corte de R$ 55 bilhões no Orçamento, anunciado pelo governo federal na última quarta-feira (16), coloca em risco o início das obras de revitalização do Anel Rodoviário de Belo Horizonte. A bancada mineira no Congresso dá como certo que o Planalto protelará a liberação dos recursos. Com isso, a expectativa é de que a licitação seja lançada no mês de outubro.

Caso isso ocorra, as obras só poderão ter início em 2013, um ano depois do previsto. Além disso, o contingenciamento de R$ 5,47 bilhões do Ministério da Saúde afetará também a reforma, ampliação e o atendimento na rede pública hospitalar do Estado.

O fim da novela de revitalização do Anel era esperado para o primeiro semestre do ano passado. Com a posse da presidente Dilma Rousseff, deputados federais chegaram a anunciar o lançamento da licitação para maio de 2011, data que foi adiada para outubro. No final do ano passado, com a expectativa da visita de Dilma a Belo Horizonte, seria anunciada o lançamento do edital, o que não ocorreu.

O Tribunal de Contas da União (TCU) chegou a vetar o projeto, em 2010, por suspeita de irregularidades. Em julho do ano passado, o projeto foi suspenso, outra vez, por suspeita de superfaturamento. A obra já foi orçada em mais de R$ 800 milhões e, hoje, estão sendo realizados estudos para a parceria entre os governos federal e estadual. No acordo, o Planalto entraria com a verba e o Estado com a execução. “Isso deixa a bancada desmotivada, é onde nosso trabalho interfere na realidade das pessoas”, avalia um deputado federal petista.

O senador Clésio Andrade (sem partido) considera “um desapreço ao Legislativo” o corte no orçamento. “No ano passado, dos R$ 21 bilhões em emendas, foram cortados R$ 18 bilhões. Assim, vamos continuar brincando de fazer orçamento”, criticou. O senador Aécio Neves diz que o governo do PT repete roteiro conhecido. “Diz que prioriza a área social, mas anuncia cortes em áreas centrais”, afirmou.

O presidente estadual do PSDB, deputado Marcus Pestana, reforça o coro do senador. “Todo ano é a mesma cantilena: metrô, BR381, revitalização do anel rodoviário. Vai nessa cantilena e nada acontece. A população fica cética”, comparou. O presidente do PT, deputado federal Reginaldo Lopes, tenta despreocupar a população. “Não tem nada disso, as grandes obras serão mantidas”, avaliou. Já o secretário de Transportes e Obras Públicas de Minas, Carlos Melles, afirma que a obra é prioridade. “Estamos trabalhando sobre o projeto executivo. Na minha opinião, não tem nenhum risco de (a obra) não sair”.

Palco de repetidas tragédias, o Anel é o corredor de trânsito mais movimentado da cidade. Por ele, passam até 120 mil veículos por dia. Os afunilamentos de pista e a inexistência de acostamento comprometem a segurança da rodovia, onde 33 vidas foram perdidas no ano passado.

Em 2010, foram 39 mortes. Um dos acidentes mais graves ocorreu em janeiro de 2011, no Bairro Betânia, Região Oeste. Uma carreta com 37 toneladas de trigo, que trafegava a 115 km/h, arrastou 15 veículos, matando cinco pessoas e deixando 12 feridos.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: