Início > economia, Indústria, Inovação e tecnologia, Minas Gerais > Belo Horizonte pode ganhar fábrica da Foxconn de computadores e componentes eletrônicos, empresa é fabricante dos iPads da Apple

Belo Horizonte pode ganhar fábrica da Foxconn de computadores e componentes eletrônicos, empresa é fabricante dos iPads da Apple


Fonte: Geórgea Choucair – Estado de Minas

Minas na rota da Foxconn

A taiwanesa Foxconn, que fabrica os iPads da Apple, deverá montar mais cinco fábricas no Brasil, além da já anunciada planta para a produção de telas de cristal líquido. A informação é do secretário de Planejamento e Desenvolvimento do Estado de São Paulo, Júlio Semeghini. Segundo ele, estão previstas fábricas de gabinetes para notebooks e PCs, componentes eletrônicos, conectores, baterias e de elementos de mecânica de precisão.

O Vetor Norte, na Grande Belo Horizonte, está na rota para receber o empreendimento, que pode ganhar investimentos superiores a US$ 4 bilhões, segundo fontes do setor. O investimento é um dos maiores do país na área de tecnologia da informação.

O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, afirmou que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai coordenar as negociações com a Foxconn. Ele destacou que a disputa pelas plantas industriais envolvem São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Paraná. As chances de o megaempreendimento desembarcar em Belo Horizonte aumentaram depois que Berry Goo, o diretor-executivo da Foxconn, esteve na capital. Se a fábrica da Foxconn desembarcar no Vetor Norte, vai ser o marco do divisor de água na região, que aposta na alta tecnologia para alavancar os negócios.

Semeghini informou que está aguardando os executivos voltarem das comemorações do ano-novo chinês para que as negociações sobre a nova fábrica sejam finalizadas. A Foxconn já recebeu do governo federal os benefícios fiscais para produzir tablets no Brasil. Segundo portaria publicada em 25 de janeiro no Diário Oficial da União, a empresa terá direito aos benefícios previstos no decreto 5.906 de setembro de 2006. A determinação prevê isenção ou redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), PIS e Cofins para empresas que invistam em atividades de pesquisa e desenvolvimento de produtos de tecnologia.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: