Início > Governo do PT, política > Operação Terra do Nunca: Marcos Valério, mentor do mensalão do PT, é preso em Belo Horizonte por grilagem de terras na Bahia

Operação Terra do Nunca: Marcos Valério, mentor do mensalão do PT, é preso em Belo Horizonte por grilagem de terras na Bahia


Réu do mensalão do PT, operador do mensalão do Governo Lula, desvio de recursos

Fonte: O Globo

Marcos Valério é preso em BH durante operação contra grilagem de terras

SÃO PAULO – Marcos Valério Fernandes de Souza, o lobista acusado de operar o maior esquema de ocultação e desvio de recursos por políticos brasileiros, conhecido como mensalão, foi preso na madrugada desta sexta-feira, na região da Pampulha, em Belo Horizonte. Além de Marcos Valério, outras três pessoas foram detidas. Na manhã desta sexta-feira, ele passa por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). Ele será levado para Salvador ainda nesta sexta-feira.

Reportagem do GLOBO publicada no último domingo mostrou que Marcos Valério vinha trabalhando no escritório da T&M Consultoria Ltda em Belo Horizonte, antiga Tolentino & Melo Assessoria Empresarial, que teve o lobista como sócio até 2005.

As prisões foram determinadas pela Justiça da Bahia como parte de operação contra grilagem de terras, segundo informações da TV Globo.

Batizada de “Operação Terra do Nunca”, a ação é realizada em três estados e tem como meta cumprir 23 mandados de prisão preventiva. Os pedidos de prisão apontam envolvimento dos suspeitos na “aquisição de ‘papéis públicos’, para a ‘grilagem’ de terras, na cidade de São Desidério, Oeste da Bahia”.

As investigações, que são comandadas pelo delegado Carlos Ferro, apontam o envolvimento de advogados, latifundiários, empresários, e serventuários da Justiça.

De acordo com informações dos promotores de Justiça da Bahia George Elias Gonçalves Pereira (Barreiras) e Carlos André Milton Pereira (São Desidério), Marcos Valério atuava em conjunto com advogados e oficiais de cartório de Registro Gerais de Imóveis e de Tabelionato de Notas na falsificação de documentos públicos, criando matrículas falsas de imóveis inexistentes e da União. O objetivo era entregar esses documentos para garantir dívidas das empresas de Marcos Valério. As fraudes vieram à tona em 2005, quando foram iniciadas as investigações pela Polícia Civil. Há dez inquéritos policiais.

Durante as investigações, a polícia descobriu que as cinco escrituras falsas das denominadas “Fazendas Cristais”, em nome da DNA Propaganda, somavam 17.100 hectares. E lote de terras de origem tinha apenas 360 metros quadrados.

– A empresa tinha uma dívida de R$ 158 mil na Fazenda Nacional. Essas escrituras foram dadas como garantia enquanto eles entravam com recurso desta dívida – afirma o delegado Carlos Ferro.

Marcos Valério e os outros três acusados tiveram a prisão preventiva decretada e devem permanecer detidos até a conclusão do inquérito policial, iniciado no ano passado, segundo o delegado.

O advogado de Marcos Valério, Marcelo Leonardo, que representa Marcos Valério, disse que policiais civis da Bahia cumpriram quatro mandados de prisão preventiva em Belo Horizonte. Três sócios de Valério também foram detidos, segundo o advogado. Os quatros devem ser levados para a Bahia. Um outro advogado vai acompanhar o caso na Bahia

Ainda segundo Leonardo, a defesa de Marcos Valério afirma não ter conhecimento do teor da acusação, mas supõe que possa ter ligação com a compra de uma propriedade no Sul da Bahia, há mais de sete anos.

– É suficiente acreditar que a prisão é ilegal e não tem razão de ser, já que eles são citados e respondem a vários processos e têm residência fixa – disse

Link da matéria: Marcos Valério é preso em BH durante operação contra grilagem de terras – O Globo.

Leia também: 

Operador do mensalão, Valério ainda está na ativa

Oposição pede nova investigação sobre Valério

Relembre o escândalo do mensalão

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: