Início > Gestão do PT, Gestão Pública, Governo do PT, política > ONG que mais recebeu verbas sob a gestão de Carlos Lupi, em Minas, é investigada por realizar saques suspeitos

ONG que mais recebeu verbas sob a gestão de Carlos Lupi, em Minas, é investigada por realizar saques suspeitos


Gestão Pública deficiente, falta de transparência

Fonte: O Globo

Instituto fazia saques em dinheiro

Investigado pela Polícia Federal, IMDC teve R$ 820 mil roubados

BELO HORIZONTE. A ONG que mais recebeu verbas do Ministério do Trabalho sob a gestão do ministro Carlos Lupi (PDT), em Minas Gerais, é investigada por realizar saques suspeitos em dinheiro, às vésperas das eleições de 2010. Em setembro do ano passado, um funcionário do Instituto Mundial de Desenvolvimento e da Cidadania (IMDC) foi vítima de assalto quando saía de uma agência com R$820 mil. Em depoimento à polícia, funcionários do banco disseram ter recebido ligações de dirigentes da entidade pedindo que mentissem sobre o valor sacado, reduzindo-o para R$80 mil. Uma gerente informou que os saques de grandes quantias e em dinheiro eram frequentes, apesar de o banco desaconselhar esse tipo de procedimento.

A polícia constatou que pelo menos outros dois saques de mesmo vulto foram realizados dias antes pelos funcionários do IMDC, ocasião em que os criminosos também tentaram o assalto, mas sem sucesso. As transações suspeitas levaram o  Ministério Público  estadual  a  acionar a  Polícia  Federal  e o  Ministério  Público  Federal, que,  desde  o  início do  ano, investigam a atuação da ONG em Minas e a suspeita de uso da instituição para caixa dois eleitoral. Os inquéritos estão em curso, sob sigilo. O vice-presidente da ONG, Tacito Avelar, negou as acusações; disse que o saque em dinheiro era para o pagamento de fornecedores e não quis comentar o depoimento dos funcionários do banco.

De 2007 a 2011, o IMDC assinou seis convênios de qualificação profissional com o ministério que totalizam R$6,3 milhões, dos quais R$3,1 milhões foram liberados. É o maior volume de recursos do órgão conveniados em Minas sob a gestão Lupi. Além dos convênios com o ministério, a ONG recebe recursos do órgão por meio de triangulações com prefeituras e o governo de Minas, apoiado pelo PDT.

O instituto se apresenta como entidade que oferece serviços de consultoria e gestão de qualificação profissional e nas áreas de meio ambiente, educação, cultura, lazer, saúde, turismo e até desenvolvimento agrário.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: