Início > Gestão, Governo, política, Política Pública, Social > Inovação Social e o Banco Travessia: Em Minas, Anastasia cria novo modelo de inclusão de pobres por meio da educação e trabalho

Inovação Social e o Banco Travessia: Em Minas, Anastasia cria novo modelo de inclusão de pobres por meio da educação e trabalho


Em artigo para o jornal O Globo, Governador de Minas, Antonio Anastasia, fala sobre novo programa social que ressalta a autonomia e permite a mobilidade social. O Banco Travessia chegou para inovar e cria a porta de saída para famílias que são apoiadas pelas políticas sociais implementadas em Minas Gerais

Travessia

Fonte: Artigo Antonio Anastasia – O Globo

Desde a “Odisseia” de Homero, com Ulisses, a palavra travessia tornou-se expressão de luta e de superação. Em Minas Gerais, travessia aparece como lição de sabedoria no cenário do “Grande Sertão: Veredas”. Com Riobaldo, ela representa o aprendizado maior da vida: “O real não está na saída nem na chegada: ele se dispõe pra gente é no meio da travessia.”

O Banco Travessia, que o governo de Minas lançou esta semana, visa exatamente a promover a travessia da pobreza para a inclusão social. Seus “correntistas” são famílias que vivem hoje marginalizadas e que devem alcançar a outra margem por via da educação, da formação profissional e do acesso ao emprego.

Nesta concepção, inclusão não significa apenas estar inserido em projetos e programas sociais, mas uma conquista que permita à família, a partir de sólidas políticas públicas, ir em busca de sua autonomia e mobilidade social.

Em Minas Gerais, a superação real da pobreza ganhou impulso com a implantação, em 2007, do programa Poupança Jovem. Mais de 70 mil jovens do ensino médio já foram por ele atendidos até agora. Para exemplificar sua operação, cada estudante nele inscrito ganha R$ 1 mil por ano de estudos concluídos. Ao fim do ensino médio, o jovem pode sacar, portanto, R$ 3 mil e usá-los livremente.

“O real não está na saída nem na chegada: ele se dispõe pra gente é no meio da travessia”

Com esse incentivo, e levando-se em conta que os jovens só podem sacar sua poupança com o diploma de ensino médio na mão, houve um aumento de 40% na formação completa nesse grau de ensino. Na realidade, são feitas, no caso, duas poupanças: a financeira e a que proporciona a formação do jovem para a vida.

O êxito do Poupança Jovem nos levou a avançar em novas propostas de superação da pobreza de forma sustentável. Daí nasceu a ideia fundadora do Banco Travessia, com o objetivo final de promover a mobilidade social dos seus participantes e agregar ativos culturais e educacionais à vida das pessoas. Seu propósito é o de que os membros de famílias pobres terminem o ensino fundamental, alcancem o ensino médio, cheguem à faculdade e tenham um bom emprego.

Com foco no futuro, o Travessia proporciona à família que nele se inscreve fazer uma poupança de até R$ 5 mil em até três anos. Sua moeda também se chama “travessia”. Se um pai, por exemplo, volta a estudar no ensino fundamental, são creditadas na conta da família 150 travessias. Se um filho terminar o curso fundamental, são creditadas outras 250 travessias. Se o aluno passou direto no ano escolar, ganha 75 travessias e, se a mãe ingressar num programa de alfabetização, a família tem um crédito de 150 travessias. A cada novo compromisso que a família assumir para aumentar a sua escolaridade ou fazer cursos de capacitação, os créditos se ampliam na sua conta do Banco Travessia. Ao final, esses créditos são convertidos em reais e liberados à família.

Esta é uma mais uma estratégia de Minas Gerais para garantir educação, renda, mobilidade social e superação de fato da pobreza. Como ensina, outra vez, Riobaldo: “Existe é o homem humano. Travessia.”

ANTONIO ANASTASIA é governador do Estado de Minas Gerais (PSDB).

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: