Início > Governo, política > Jeito petista de Governar: Lula volta ao Vale do Jequitinhonha, onde deixou promessa pela metade

Jeito petista de Governar: Lula volta ao Vale do Jequitinhonha, onde deixou promessa pela metade


Lula volta ao Vale do Jequitinhonha, onde deixou promessa pela metade

Fonte: Marcelo da Fonseca – Estado de Minas

Ex-presidente Lula participará da formatura da primeira turma de escola inaugurada por ele em 2010. Compromisso de pavimentar estrada, no entanto, ficou pelo caminho

“Ninguém precisa acreditar em fantasia e promessa de última hora. Quem sabe faz, quem não faz promete”. A afirmação partiu do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no início do ano passado, durante a inauguração da Escola Técnica do Instituto Federal Norte de Minas (IFNM), em Araçuaí, no Vale do  Jequitinhonha. Em discurso para estudantes e moradores da região, ele prometeu retornar à escola para a cerimônia de formatura da primeira turma do instituto, compromisso que será cumprido na próxima semana, quando Lula estará no município. No entanto, as promessas não pararam por ali. Ao lado da então ministra da Casa Civil e pré-candidata à Presidência Dilma Rousseff, foi anunciado também que já estava autorizada a abertura das licitações para a pavimentação da BR-367 ainda naquele ano e que a obra seria prioridade para a região. Vinte meses depois do anúncio, a rodovia continua em terra batida, causando insegurança e prejuízos para os moradores.

Em seu retorno ao município, o ex-presidente receberá os agradecimentos dos estudantes que completaram o curso neste semestre, mas também vai ter que responder aos moradores e lideranças locais o motivo de a obra prometida para a rodovia continuar na lista dos projetos que se arrastam há vários anos. “Até hoje não foi feito nada. Cobramos sempre mais agilidade para que a obra começe, já enviamos documentos mostrando a importância da pavimentação na rodovia, que ajudaria a escoar a produção na região, mas nada parece resolver a situação dessa BR”, cobrou o vereador Carlindo Dourado (PP), presidente da Câmara Municipal de Araçuaí. Ele lembrou que a pavimentação da via é uma promessa antiga de políticos que visitam a região, mas depois do início da crise no Ministério dos Transportes as esperanças da população de ver melhorias diminuíram muito.

Segundo a prefeitura do município, o trecho de mais de 40 quilômetros da rodovia federal, entre Minas Nova e Virgem da Lapa, continua em péssimas condições de trânsito e não existem previsões para o início das obras. A última ação do governo na via foi acompanhada pelos moradores no início da década de 1990, há 20 anos, quando um trecho de seis quilômetros começou a ser asfaltado. No Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) existem três editais que preveem a conservação da BR-367, mas nenhum projeto programado para a pavimentação do trecho que atravessa Araçuaí foi apresentado pelo órgão.

Além da pavimentação da BR-367, prometida durante a campanha eleitoral, os moradores de Araçuaí querem aproveitar a influência do ex-presidente Lula com a presidente Dilma para pedir apoio para outras obras na região. “Temos moradores de áreas que ainda não têm acesso a água. Uma realidade quase impensável no século 21, mas que conhecemos bem. Precisamos de nova represas em nossos córregos, tanto para ajudar a população nos períodos de seca como para ajudar a desenvolver a agricultura e pecuária. A região mais pobre do estado poderia crescer muito com mais boa vontade dos governos”, reforçou Carlindo.

Apoio
A inauguração do novo câmpus do IFNM no ano passado recebeu grande apoio da comunidade e a escola tem se mostrado uma ótima aposta para a região. São cinco cursos técnicos profissionalizantes na áreas de informática, enfermagem, administração, agente comunitário em saúde e agroecologia, atendendo inicialmente 220 estudantes e hoje já são cerca de 700 alunos frequentando o instituto. Formanda no curso técnico em administração, Maria da Ajuda Vieira, de 27 anos, aguarda com ansiedade a presença do ex-presidente na cerimônia do dia 19 e se sente orgulhosa por estar entre os primeiros a concluir o curso. “Estava aqui quando ele fez a promessa de voltar na formatura, exatamente quando receberei o diploma, e queremos agora mostrar nossa gratidão pelo seu apoio, que foi fundamental para a criação do instituto. Tive uma ótima oportunidade para me qualificar na área que pretendo atuar como profissional e a região precisa de iniciativas como essa. Será um honra para nossa turma ter Lula como paraninfo”, diz Maria da Ajuda.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: