Início > Fraude, Gasto Público, Gestão, Governo > Caixa preta da corrupção: oposição vai tentar convocar o ministro dos Transportes para depor na Câmara

Caixa preta da corrupção: oposição vai tentar convocar o ministro dos Transportes para depor na Câmara


Oposição tentará convocar Passos para depor sobre o crescimento de 154% nos gastos com contratos aditivos

Fonte: O Globo

Crise nos Transportes

 O ministro dos Trasportes, Paulo Sérgio Passos, deve ser convocado para depor - Foto: Agência Brasil

BRASÍLIA – A oposição vai tentar convocar o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, para depor na Câmara dos Deputados sobre as irregularidades denunciadas pela imprensa. Requerimento nesse sentido será protocolado pelo líder do PSDB na Câmara, Duarte Nogueira (SP) junto à Comissão Representativa que estará no Congresso até o fim do recesso, no dia 1º de agosto.

LINHA DO TEMPO : Confira a cronologia da crise no Ministério dos Transportes

Segundo comunicado divulgado neste domingo pelo PSDB, o objetivo da convocação é fazer com que Passos dê esclarecimentos sobre as denúncias. Uma delas, publicada no sábado no jornal “Folha de S.Paulo” , diz respeito ao crescimento do número de contratos aditivos e do volume de recursos autorizados durante o período em que o ministro respondeu pela Pasta, no ano passado.

Nos último semestre de 2009, o Dnit assinou 53 termos aditivos, que ampliaram o valor de seus contratos em R$ 309 milhões. No mesmo período de 2010, quando Passos respondia interinamente pelo Ministério dos Transportes, os aditivos cresceram 154% e a quantia liberada chegou a R$ 787 milhões. Mas era ano eleitoral, quando normalmente os gastos aumentam, e o ano anterior teve o impacto direto da crise econômica internacional.

– A crise no Ministério dos Transportes é extremamente grave e requer urgência nas ações. A cada dia surgem novos fatos e o problema se agrava. Não podemos esperar que o Congresso volte do recesso para cobrar esclarecimentos — disse Duarte Nogueira.

Segundo o líder tucano, Passos tem informações relevantes a prestar sobre o que acontecia no Dnit e sobre a atuação dos seis servidores que foram afastados do órgão após as denúncias de irregularidades no órgão.

– O ministro Passos respondeu pela Pasta no governo passado, era secretário-executivo até a semana passada. É difícil acreditar que ele não sabia o que acontecia no seu entorno – disse Nogueira.

O PSDB também pedirá à Comissão Representativa requerimento convidando Frederico Augusto de Oliveira a prestar esclarecimentos sobre suposta prática de crime de usurpação de função pública. Serão, ainda, acionados o Ministério Público Federal do Distrito Federal, para que seja investigado suposto crime de usurpação de função pública por parte de Fred, e um novo aditamento à representação protocolada na Procuradoria Geral da República, solicitando apuração sobre os contratos assinados pela Construtora Araújo Ltda, que pertence à esposa do diretor-executivo do Dnit, José Henrique Sadok de Sá.

Passos, que assumiu a vaga de Alfredo Nascimento (PR) como titular da Pasta, contestou a denúncia de que autorizou a suplementação orçamentária de três trechos rodoviários que entraram na lista do Tribunal de Contas da União (TCU) de obras com indícios de graves irregularidades. O tema foi tratado em reportagem do GLOBO na semana passada e publicado no fim de semana pela “IstoÉ”.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: